Pesquisar este blog

Pesquisar este blog

4 de out de 2012

CARL SAGAN
É estranho falar de algo que aconteceu a tanto tempo, o que acontece é que naquela época eu não tinha Blog, naquela época não era comum internet rápida, para fazer download de uma página demorava muito, mas este cidadão é alguém de quem tenho grande admiração, não só pelas coisas que nos mostrou, mas pela pessoa que fora, um estudante e aprendiz que indagava: Que força possuímos maior que nossa capacidade de questionar e aprender?Sagan é no mínimo admirável!
Carl Sagan
Carl Sagan
Carl Edward Sagan (Seigan) nasceu em Nova Iorque aos nove de novembro de 1934, filho de Rachel e Samuel Sagan, um alfaiate russo, emigrante da União Soviética, foi um dos mais respeitados astrofísicos existentes.
Aos vinte e seis anos, obteve o título de doutor pela Universidade de Chicago, dedicou toda a sua vida ao estudo da astronomia e da física e como poucos teve reconhecimento ainda vivo por seus feitos na terra.
“A Ciência é antes um modo de pensar do que propriamente um conjunto de conhecimentos.”
Morreu aos sessenta e dois anos em Seatle aos vinte de dezembro de 1996 no Centro de Pesquisas do Câncer Fred Hutchinson, depois de uma batalha de dois anos com uma rara e grave doença na medula óssea. Sem dúvida alguma, a Ciência perdeu um grande defensor, divulgador e incentivador dela na atualidade.
“A Ciência nos esclarece sobre as questões mais profundas das origens, naturezas e destinos – de nossa espécie, da vida, de nosso planeta, do Universo. Pela primeira vez na história humana somos capazes de adquirir uma verdadeira compreensão desses temas. Toda cultura sobre a Terra tem tratado deles e valorizado a sua importância. Todos nós nos sentimos tolos, quando abordamos essas questões grandiosas. A longo prazo, a maior dádiva da Ciência talvez seja nos ensinar , de um modo ainda não superado por nenhum outro empenho humano, alguma coisa sobre nosso contexto cósmico, sobre o ponto do espaço e do tempo em que estamos, e sobre quem nós somos”.
Sagan fez inúmeras publicações, entre elas uma chamada:
Os Dragões do Éden que lhe rendeu em vida o prêmio Pulitzer em 1977, nesta, são combinados os campos de antropologia, biologia evolucionária, psicologia e ciência da computação para dar uma perspectiva balanceada de como a inteligência humana evoluiu. Uma das partes mais interessantes do livro é a busca por uma forma quantitativa de medir a inteligência, recebeu vinte e dois títulos de honra concedidos por instituições de ensino superior dos Estados Unidos, recebeu três Emmy por sua série Cosmos e seu livro de mesmo nome permaneceu mais de setenta semanas na lista de mais vendidos do N. Y. Times.

“Eu afirmo que existe muito mais maravilha na Ciência do que na pseudociência. E, além disso, em qualquer medida que este termo tenha algum sentido, a Ciência tem a virtude adicional, que não é desprezível, de ser verdadeira”.
Sagan desejava acima de tudo acabar com analfabetismo científico transmitindo em seu livros, vídeos e palestras todo seu conhecimento adquirido em suas pesquisas e seus estudos de uma forma fácil de ser compreendida, para quem assistisse uma de suas palestras acharia que estava conversando com um grande amigo.
Site Oficial: www.carlsagan.com
COSMOS
Cosmos foi uma série de TV realizada por Sagan e sua esposa Ann Druyan, produzida pela KCET e Carl Sagan Productions, em associação com a BBC e a Polytel International, veiculada na PBS em 1980.A série Cosmos é um dos mais formidáveis exemplos da amplitude e eficácia que a divulgação científica pode atingir por meios audiovisuais, quando servida por uma personalidade carismática como Carl Sagan e por meios técnicos adequados.Filmado ao longo de três anos, em quarenta locais de doze países, o programa Cosmos abriu a janela do Universo a mais de 500 milhões de pessoas. O segredo desta série de treze horas foi o talento de comunicador de Sagan, capaz de desmistificar o que até então fora informação científica inacessível. A versão escrita deste programa continua a ser o livro de divulgação científica mais vendido da história.Editada recentemente pela Cosmos estúdios (parte de uma fundação criada para a divulgação científica), a versão DVD da série disponibiliza um total de 780 minutos de material, distribuídos por 13 episódios de 60 minutos cada (cada episódio está repartido em 13 capítulos de acesso direto). Os materiais incluídos na edição DVD foram revistos pelo próprio Carl Sagan e pela sua esposa e ajudante, Ann Druyan, e após cada episódio encontrará uma apresentação das atualizações e novas descobertas científicas feitas nas matérias expostas desde o lançamento original da série nos anos 80.
Episódios
Série de 13 episódios, Cosmos é constituída pelos seguintes títulos (pequena descrição dos assuntos tratados):
  • Episódio 1 – As margens do oceano cósmico – O 1° capítulo da série Cosmos; apresenta-nos o universo de maneira geral, revelando as grandezas dos corpos celestes e a distância entre eles, além de lembrar importantes estudos do passado para grandes descobertas como a esfericidade do planeta. Sagan faz uma impossível (para os recursos atuais) e imaginária viagem desde a extremidade do espaço até nosso planeta, mostrando fenômenos como o nascimento e a morte de estrelas diante de uma fusão nuclear; recordando-nos a famosa equação de Einstein E=mc² (quando matéria vira energia e vice versa). Ao longo do episódio fala um pouco sobre a descoberta de cada planeta da Via-láctea e algumas características. Também nos da uma idéia do tempo cósmico.
  • Episódio 2 – Uma voz na sinfonia cósmica – Já no nosso planeta, Sagan interroga as origens da vida e a evolução das espécies, especulando ainda sobre a hipótese de existência de seres vivos noutros planetas.
  • Episódio 3 – A harmonia dos mundos – Da astrologia à astronomia, desde sempre que o homem olha as estrelas em busca de conhecimento. Sagan traça o percurso da Humanidade na observação dos corpos celestes e na descoberta das leis que os regem.
  • Episódio 4 – Céu e inferno – Um pequeno cometa teria atingido a Terra em 1908, provocando uma enorme explosão na Sibéria. Este fato serve a Sagan para empreender uma viagem até Vénus, com as suas altas temperaturas e o seu superlativo efeito de estufa.
  • Episódio 5 – O planeta vermelho – Depois de Vênus, Marte é o planeta visitado neste episódio.
  • Episódio 6 – A saga dos viajantes – A partir da experiência da nave Voyager, Sagan simula uma viagem através do sistema solar, atravessando os anéis de Saturno até ao satélite Titã, rico em matéria orgânica.
  • Episódio 7 – O esqueleto da noite – Dos antigos gregos à atualidade, Sagan traça o percurso do conhecimento científico sobre o Cosmos.
  • Episódio 8 – Viagens pelo tempo e espaço – Viagem às estrelas, à velocidade da luz, como sonhou Albert Einstein. Mas o tempo, o espaço e a velocidade estão interligados, como se demonstra na Teoria da Relatividade.
  • Episódio 9 – A vida das estrelas – Nascimento, vida e morte das estrelas – sem esquecer o nosso Sol de que veremos uma simulação do último dia de vida.
  • Episódio 10 – O limite da eternidade – Origem e destino do Universo, das lendas e crenças à astrofísica.
  • Episódio 11 – A Persistência da Memória – Sagan viaja até ao cérebro humano como local central de todo o conhecimento.
  • Episódio 12 – Enciclopédia Galáctica – Haverá vida noutros pontos da nossa galáxia? Sagan persegue a questão sem encontrar provas e conduz-nos numa viagem por várias estrelas e planetas.
  • Episódio 13 – O futuro da Terra – Um planeta povoado de 60 mil armas nucleares é um planeta com futuro? Sagan termina a série Cosmos com um vibrante apelo à paz, em nome da nossa dignidade humana e em nome do respeito ao universo de que fazemos parte.
Você pode encontrar a série Cosmos em qualquer site de BitTorrent ou clicando no link anterior.
Alguns Livros
  • Os Dragões do Éden é um livro de Carl Sagan, ganhador do prêmio Pulitzer em 1977. Nele, são combinados os campos de antropologia, biologia evolucionária, psicologia e ciência da computação para dar uma perspectiva balanceada de como a inteligência humana evoluiu.Uma das partes mais interessantes do livro é a busca por uma forma quantitativa de medir a inteligência. Ele mostra que a razão da massa cerebral sobre a massa corpórea é um indicador extremamente bom, com os humanos tendo a maior, seguidos pelos golfinhos (Pág. 38-40, Hardback edition – em Inglês). Ela não funciona, entretanto, na parte extremamente pequena da escala, pois um mínimo tamanho de cérebro é necessário para dar suporte à vida. Criaturas pequenas (formigas, em particular) ocupam posições desproporcionalmente altas na lista.
  • O Mundo Assombrado pelos Demônios – A Ciência vista como uma vela no escuro foi escrito por Carl Sagan e editado pela primeira vez em 1997, com a finalidade de apresentar o método científico a leigos e encorajá-los a pensar de maneira crítica e cética O livro tenta explicar métodos para se distinguir a diferença entre ciência e pseudociência e propõe que, quando novas idéias são apresentadas para consideração, estas devem ser analisadas de maneira cética e resistir a rigorosos questionamentos.Sagan afirma que após uma análise das suposições de uma nova idéia, ela deve permanecer plausível, e então ser reconhecida como uma suposição. O pensamento cético é uma maneira de construir, entender, racionalizar e reconhecer argumentos válidos e inválidos, e prová-los de maneira independente. Ele acreditava que a razão e a lógica devem prevalecer a favor da verdade. Através desses conceitos, os benefícios do pensamento crítico e a natureza “auto-corretiva” da ciência emergiriam.Sagan fornece uma análise cética de vários tipos de superstições, fraudes, pseudociências e crenças religiosas como deuses, bruxas, Óvnis , percepção extra-sensorial e cura pela fé.
  • Cosmos
  • O Pálido Ponto Azul
  • Cometa
  • Bilhões e Bilhões
  • Contato
  • O Cérebro de Broca
  • Variedades da Experiência Científica

Nenhum comentário:

Postar um comentário