Pesquisar este blog

Pesquisar este blog

29 de set de 2012


Atenção pra o que pode ser a notícia mais importante desde o 11 de setembro:



Alguns já sabem que o grupo escandinavo OceanX, que procura navios submersos, achou uma estranha forma discóide no fundo do mar Báltico. A imagem do sonar mostra o disco e uma espécie de caminho plano no mar, a uma profundidade de 84 metros.
Pois bem. Uma expedição foi realizada e aí surgiram as descobertas que estão explodindo cabeças de todos aqueles que gostam de arqueologia, UFOs ou mistérios.

ÂNGULOS RETOS
Um ângulo reto, de 90 graus, não aparece na natureza (a não ser na formação de cristais) e não é produzido de forma natural por erosão ou por nada que não seja a ação do homem. Mas vejam só, ele aparece no sonar:
Há também paredes LISAS e uma formação que parece uma escadaria! Também acharam passagens que parecem corredores, dentro do objeto.

O PILAR
O objeto circular possui 60 metros de diâmetro e 4 de altura. Já é estranho por si só. Mas descobriu-se que ele está em cima de um pilar de 8 metros de altura. Ou seja, a formação parece um cogumelo de 12 metros de altura saindo do fundo do mar.

Representação artística


O "SUSPIRO"
No topo do círculo há um pequeno domo, que foi apelidado de "suspiro" pelos pesquisadores. Ele é perfeitamente liso e possui 4 metros de comprimento (sua localização pode ser vista no desenho acima).

O BURACO
O robô submarino achou um buraco de 25 cm de diâmetro no topo do círculo. Não se sabe mais nada sobre ele, pois os mergulhadores não conseguiram localizá-lo depois (a visibilidade no mar báltico é horrível).

O CÍRCULO DE PEDRAS
Como se não bastasse tudo isso, os mergulhadores ainda acharam um pequeno círculo 1 metro feito de pedras cuidadosamente colocadas, que eles acreditam ser da Era Pré-Glacial! Uma das pedras, que estava longe das demais, foi trazida à superfície pra ser analisada. Foi feita uma tentativa de arrancar um pedaço do material do grande círculo, mas era duro demais pra ser quebrado! A textura e semelhança parece ser de concreto.

O CAMINHO
O tal caminho plano no mar tem 1km de extensão, e em vez de ser uma depressão causada pelo objeto se arrastando no fundo do mar, parece mais uma pista artificial que SE ELEVA gradualmente até 8 metros do fundo do oceano. O material dessa pista parece ser mais macio que o concreto do círculo.

PERTURBAÇÃO MAGNÉTICA
Todo mundo que se interessa pelo fenômeno UFO sabe que a MAIOR característica desses objetos (maior até do que a forma discóide) é a grande perturbação magnética que eles causam em aparelhos por perto, linhas elétricas e até blackouts que eles causam em cidades. Pois bem: esse objeto causa uma forte perturbação nos aparelhos que são enviados pra pesquisá-los. A câmera dos mergulhadores teve de ser reiniciada várias vezes, e quando finalmente pareceu que funcionou, todas as imagens que ele gravou foram apagadas. O robô funcionou, mas tinha que reiniciar o sonar a maior parte do tempo. O curioso é que, depois de pesquisarem o círculo, eles foram até outro local pesquisar um barco afundado e o sonar funcionou por 35 horas SEM PROBLEMAS.
O telefone (via satélite) do barco deixava de funcionar quando estava estacionado acima do objeto. Se o barco se movesse 200 metros pra longe, ele voltava a funcionar. Quando retornava pro objeto, não funcionava mais. As luzes das câmeras estouraram quando a testaram na superfície, antes do mergulho.
O termômetro também não funcionou direito, pois indicava -1ºC acima do círculo, quando deveria indicar +4ºC, que era a temperatura fora do círculo.

SEGUNDA ANOMALIA
Surpresa das surpresas, foi achado pelo sonar um SEGUNDO objeto no fundo do mar, aparentemente tão estranho quanto o primeiro, com um outro caminho e tudo! Mas os mergulhadores estavam tão atarefados pesquisando a primeiro círculo que nem tiveram tempo de ir lá olhar. Isso ficará pra uma terceira expedição, que ocorrerá no dia 20 de julho. No momento estão sendo processadas imagens de sonar coletadas nessa segunda expedição pra montar um mapa 3D do primeiro objeto. Mais informações na página do Facebook do OceanX.

VISÃO REMOTA
Fizeram sessões "às cegas" (ou seja, sem fornecer informação alguma) com pessoas que trabalham com visão remota (ou seja, paranormais que conseguem ver um lugar sem estar realmente lá) e eles obtiveram sempre a descrição de algo circular, de material muito duro, tipo um bunker. Mas um deles forneceu uma descrição que é EXATAMENTE a imagem do sonar: a de que parece a Millenium Falcon, de Star Wars. O vídeo com o desenho e as descrições está aqui:

CONCLUSÃO
Esse conjunto de evidências deveria despertar um fascínio na mídia e nos cientistas, certo? Mas o que vocês leram ou viram até agora sobre isso? A grande mídia publicou, através do seu site Life's little misteries, um artigo zombando da descoberta e fazendo pouco caso, isso no dia 28, em que TODAS as informações acima já haviam sido publicadas (e ele nem as cita!). Acontece que o site pertence ao Techmedianetwork, que manda notícias pra FOX, Yahoo, CBS, AOL, todas empresas controladas por um nicho (como já vimos aqui). Felizmente existe a internet e suas informações descentralizadas, de onde tirei o post. Vamos ficar de olho pra que isso não caia no esquecimento, como as coisas descritas nos postsvisitantes do passadoArqueologia proibida e Civilizações desaparecidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário